Blog Widget by LinkWithin
Connect with Facebook

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Tá sincronizado, tá tudo sintonizado!

Oi! Bom dia! É rara a possibilidade de eu aparecer logo cedo por aqui. Mas, acontece. E aconteceu hoje, especialmente, nesta segunda-feira, a primeira de fevereiro. Dia 2. Dia de sincretismo nacional: numa ponta, Yemanjá; na outra, Nossa Senhora dos Navegantes. É dia de fazer oferenda para uma e rezar para a outra, para os crentes e descrentes.


Dia de sagrado e profano, numa convivência de sincronias e sintonias que são sinfonias, ambas, embaladas por cânticos, preces e músicas. Hoje é dia de Maria, de todas as marias. De Josés, todos. É dia de uma alma mais feminina.


Minha alma, verdadeiramente, está mais feminina hoje, influenciada talvez pelas energias africanas e portuguesas que nos deram o candomblé e o catolicismo. Não sou ligado a religião. Sou cético. Ateu. À toa, me dirão. Mas creio na energia que emana da multidão que na Bahia lava a alma no mar. No povo que no Rio Grande do Sul levantou cedo para levar a senhora dos navegantes ao mar.

Que o mar leve, também, as aflições, os recados, os pedidos, as expectativas. Que se desmanchem nas brumas marítimas a dor, o desespero, a tristeza. Pois que a função das divindades, se eu não me engano, é nos livrar a todos, crentes e céticos, de tudo quanto são males, pequeninos ou gigantescos.


Entoo de minha parte a prece daqui lançada para que alcance a última embarcação de Salvador, o derradeiro barco de Porto Alegre, e que carregue mar adentro tudo o que tem que ser e o que virá a ser.

É dia de alma feminina, sim senhor! Pois que Yemanjá, a mãe do mundo, e a senhora dos navegantes, que protege o mesmo mundo do perigo do mar, confluam, ambas, e embalem a todos na mesma onda. Que acariciem os filhos da terra. Que os ninem a ponto de serenidade.

E é da Bahia que vem a São Paulo mais uma alma feminina. Essa, que foi deus no cinema, sai de Salvador hoje e estreia em São Paulo amanhã. Não sei se o canto de Alanis Morrissette (de Ottawa, pertinho da La Voyageuse, em Montreal; beijo para você) tem algo que ver com Yemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes. Mas, se é música, chega em boa hora. Odô Miô! Thank you all!



2 Comentários:

La Voyageuse disse...

Red,

Beijo para voce tambem. E, ja que eh dia de Iemanja, lavemos, entao, nossas almas. Eu, por aqui, vou me lavar com gelo mesmo, mas acho que ta valendo tambem, ne?

Redneck disse...

La Voyageuse, vale, sim, qualquer coisa. Seja água líquida ou sólida, a purificação é a mesma. Beijo!

Autor e redes sociais | About author & social media

Autor | Author

Minha foto
Redneck, em inglês, define um homem rude (e nude), grosseiro. Às vezes, posso ser bem bronco. Mas, na maior parte do tempo, sou doce, sensível e rio de tudo, inclusive de mim mesmo. (Redneck is an English expression meaning rude, brute - and nude - man. Those who knows me know that sometimes can be very stupid. But most times, I'm sweet, sensitive and always laugh at everything, including myself.)

De onde você vem? | From where are you?

Aniversário do blog | Blogoversary

Get your own free Blogoversary button!

Faça do ócio um ofício | Leisure craft

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

NetworkedBlogs | NetworkedBlogs

Siga-me no Twitter | Twitter me

Quem passou hoje? | Who visited today?

O mundo não é o bastante | World is not enough

Chegadas e partidas | Arrivals and departures

Por uma Second Life menos ordinária © 2008 Template by Dicas Blogger Supplied by Best Blogger Templates

TOPO