Blog Widget by LinkWithin
Connect with Facebook

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Roupas? Tô fora!

Parece que a nudez está mesmo na moda. Em todos os segmentos. Ficar nu virou questão de honra. Roupas? É old fashion. Tudo motiva o ato de se despir: música, protesto, campanhas beneficentes, casamentos, moda, publicidade. Roupas? Tá todo mundo fora. Delas, das roupas.

Um nada conservador Morrissey, por exemplo, acaba de posar nu com a banda para a capa do single "I'm Throwing My Arms Around Paris", que acabou de ser lançado. Na foto, o ex-Smiths está pelado, com os demais integrantes da banda, apenas com tapa-sexos feitos de CDs. O assumidamente exibicionista Morrissey já havia posado de cueca e com as nádegas de fora para álbuns anteriores.


(Morrissey e banda prontos para o novo single)

Outra cantora, a roqueira norte-americana Beth Ditto, não se fez de rogada e posou nua para a revista Love. Beth, lésbica assumida, é amiga da modelo Kate Moss, a quem atribui um papel relevante na sua forma de lidar com a vida de celebridade.


(A rechonchuda Beth, que é amiga da magérrima Kate Moss)

Cauã Reymond deu uma de "O Favorito" e tirou a roupa para a revista "RG Vogue". Em casa, todo mundo nu, já que Grazi Massafera desnudou-se para a "Playboy".


(Cauã e Grazi nus; ele, para a Vogue; ela, para a Playboy)

Na publicidade, a marca Powerade, da Coca-Cola, conseguiu convencer os jogadores de rúgbi ingleses Steve Borthwick, Paul Sackey e Shane Williams a se despirem.


(Jogadores ingleses de rúgbi em peça publicitária da Coca-Cola)

E, em campanha para arrecadar fundos para a Elton John AIDS Foundation, atletas como Thierry Henry, Venus Williams, Matt Dawson e Billie Jean King tiraram suas roupas e mostraram o corpo talhado pelo esporte.


(Atletas mostram o corpinho para campanha contra a Aids)

E você? Ficaria nu para a lente de um estranho? Na minha totalmente despida opinião, é mais fácil expor o corpo do que o coração. Corpo é apenas pele e somente atrai o olhar curioso porque estamos todos vestidos. Já houve períodos da humanidade em que se vivia totalmente nu. A nudez é ambivalente. Um índio despido não suscita o mesmo olhar do que uma celebridade nua.

A nudez insinuada, porém, pode ser mais ousada do que o nu completo. Em épocas remotas, apenas a possibilidade de se ver um pedaço de corpo - um pé, um antebraço - causava comoção. Há povos inteiros que se cobrem até o pescoço e se revelam apenas na intimidade. E também há sociedades nas quais despir-se para tomar banho de sol à luz do dia e sob os olhares alheios é tão natural quanto não fazê-lo.

O fotógrafo norte-americano David Khan tem fotografado homens nus nos últimos cinco anos para o livro "Naked Desire". Mas, diferentemente de outros projetos similares, Khan não trabalha com modelos profissionais. Ao contrário, ele prefere homens que nunca foram fotografados despidos antes. Ele explica que os modelos são encontrados em comunidades como o Facebook, MySpace, Gaydar. "Eles não têm ideias preconcebidas. A nudez é uma coisa muito natural. Eu apenas não entendo porque as pessoas têm problemas com isso", diz o fotógrafo.


(Homem posa nu para o fotógrafo David Khan)

A nudez pode incitar nas pessoas os mais diversos preconceitos. Da repressão à compreensão, cada um tem uma relação diferente com o nu (próprio e de terceiros). Ficar pelado em público ou posar nu pode ser considerado tanto moderno quanto ofensivo.

O Facebook, por exemplo, baniu recentemente fotos de uma mulher que amamentava o filho e outras que sugeriam a nudez ou eram, mesmo, explícitas, com nu frontal. Os hospedeiros de blogs - Blogger, WordPress, LiveJournal - permitem que se façam blogs conforme a vontade do usuário. No Blogger, no entanto, se o blog contiver imagens ofensivas - sob a ótica do leitor -, há, antes do acesso, um aviso sobre o eventual conteúdo adulto.

A maior parte das comunidades virtuais têm restrições sob o que se coloca na internet. Mas, basta realizar uma busca simples e ter acesso a milhões de fotografias de todos os tipos. A nudez está amplamente disseminada sob qualquer circunstância.

Na Austrália, uma competição de uma rádio local levou um casal - e convidados - a realizar um casamento quase nu. O casal usou apenas tapa-sexos. O que pode ser ofensivo em alguns países, é divertido em outros.


(Casal australiano casa-se praticamente pelado para ganhar promoção de rádio)

Não há limites: competições, promoções, nudez coletiva ou individual. Toda nudez, praticamente, é permitida. Se será castigada? Não vejo porque. Agora mesmo vou me despir. E daí? Calma que não vou sair pelado pelas ruas. Vou apenas tomar banho.

6 Comentários:

Luprac disse...

Redneck

Mas é bom ficar pelado mesmo, evita fungos e pode ser bastante refrescante num verão Zambia como este de SP.

Bjos,


Luprac

Redneck disse...

Luprac, meu caro, concordo plenamente e por isso vivo mesmo pratico o naturismo dentro de casa. Com calor ou não. Beijo!

Anônimo disse...

hmm, só provocações...deve ser do calor! E eu aqui cheia de frio...

bjo

aNA

Redneck disse...

Ana, eu não sei não se é apenas o calor que faz isso comigo. Às vezes, tenho a impressão que um índio tomou o meu corpo e que tenho que sair correndo pelado na selva de pedra aqui de São Paulo. Ah! Qualquer dia desses, se você souber de um brasileiro que foi detido pela polícia por atentado ao pudor, vai ver se não sou eu. Ah! O calor ajuda, claro. Mas, é mais outra coisa. É despudor mesmo. E você, com o frio, bem que pode rolar pelada na neve da Europa. Ai que frio! Beijo!

Anônimo disse...

Nem pensar...morria congelada... Quanto ao atentado ao pudor, olha há coisas piores, como o atentado ao despudor....lololol

beijo grande

Ana

Redneck disse...

Ana, eu tenho um desejo secreto sobre esses atentados ao despudor: cometer um atentado contra eles. Beijo!

Autor e redes sociais | About author & social media

Autor | Author

Minha foto
Redneck, em inglês, define um homem rude (e nude), grosseiro. Às vezes, posso ser bem bronco. Mas, na maior parte do tempo, sou doce, sensível e rio de tudo, inclusive de mim mesmo. (Redneck is an English expression meaning rude, brute - and nude - man. Those who knows me know that sometimes can be very stupid. But most times, I'm sweet, sensitive and always laugh at everything, including myself.)

De onde você vem? | From where are you?

Aniversário do blog | Blogoversary

Get your own free Blogoversary button!

Faça do ócio um ofício | Leisure craft

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

NetworkedBlogs | NetworkedBlogs

Siga-me no Twitter | Twitter me

Quem passou hoje? | Who visited today?

O mundo não é o bastante | World is not enough

Chegadas e partidas | Arrivals and departures

Por uma Second Life menos ordinária © 2008 Template by Dicas Blogger Supplied by Best Blogger Templates

TOPO