Blog Widget by LinkWithin
Connect with Facebook

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

A galinha que existe em mim não para de cacarejar

Vamos aos fatos: creio que todos, eu o primeiro da fila, temos uma galinha interna que se move rumo à galinhagem, com maior ou menor intensidade. As pessoas tendem a sofrer pelos mais diversos motivos e um deles, senão o principal, é um ruminar ad eternum quando o assunto são as perdas, as decepções e desilusões, numa mixórdia de galinhas e vacas. Daí até o fundo do poço não há nada: você já está submerso. Ao pensar - e verbalizar - isso, constato que, a despeito de toda a dor e sofrimento que você possa ter com perdas, há uma gigantesca galinha dentro de você (uma granja??? um pintinho??? um galo???) que cacareja louca para bicar por aí. Libera a franga, então! Não há nada pior que o cativeiro, principalmente para galinhas acostumadas a ciscar impunemente (vai nessa!) os quintais próprios e alheios. Diante da conjectura que galinhas presas não fazem verão nenhum, solto as minhas próprias para ciscarem, bicarem e cacarejar a cada ovo (!!) botado. Solte a sua também. Sim, pode curtir sua ressaca. Mas, você pára de comer por que o Bush espirrou? Ou por que o papa mudou o modelo do sapato Prada? Nem eu. Se assim fosse, eu estaria 17,450 Kg mais magro e ainda mais galinha. Como faço uma linha galinha bem-tratada, não deixarei de comer porque vi uma estrela cadente ou porque o Chávez, o Lula, o Slim, o Steve Jobs e o Daniel Hadcliffe/Harry Potter não me escutam. Penas para que te quero! O fato é que a galinha (carijó ou d´angola, tanto faz) estrala de tanto que cacareja. Liberdade aos instintos mais galináceos. Já! Cócócóricócó!!!! (sim, cara Poeira, trata-se, mais uma vez, do inefável e inexorável sexo. Estou um tanto tarado esta semana).

2 Comentários:

Poeira Cósmica disse...

Tarado, né? Então lá vai:
Mamãe, um tarado me pegou! Nossa, filha, quando foi isso? Antes de ontem, ontem e hoje...e talvez amanhã.

andarilha disse...

Você tem certeza de que devo soltar a franga? E depois, quem recolhe os cacos? Ou as penas?

Autor e redes sociais | About author & social media

Autor | Author

Minha foto
Redneck, em inglês, define um homem rude (e nude), grosseiro. Às vezes, posso ser bem bronco. Mas, na maior parte do tempo, sou doce, sensível e rio de tudo, inclusive de mim mesmo. (Redneck is an English expression meaning rude, brute - and nude - man. Those who knows me know that sometimes can be very stupid. But most times, I'm sweet, sensitive and always laugh at everything, including myself.)

De onde você vem? | From where are you?

Aniversário do blog | Blogoversary

Get your own free Blogoversary button!

Faça do ócio um ofício | Leisure craft

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

NetworkedBlogs | NetworkedBlogs

Siga-me no Twitter | Twitter me

Quem passou hoje? | Who visited today?

O mundo não é o bastante | World is not enough

Chegadas e partidas | Arrivals and departures

Por uma Second Life menos ordinária © 2008 Template by Dicas Blogger Supplied by Best Blogger Templates

TOPO