Blog Widget by LinkWithin
Connect with Facebook

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Rastreio de Cozinha - 144


A alta tensão dos últimos dias me cobrou a fatura e me quedei, exausto. Faltei porque não tive condições físicas. Desde a última semana, de quarta-feira para cá, tive que tomar uma série de providências para atender a três eventos quase simultâneos: um casamento no sábado, um especial inteiro para entregar até segunda e a montagem e apresentação de um boteco, na faculdade.

Passei pelos três e hoje registrei o desgaste. Um mal-estar, que se iniciou na noite de ontem, teve seu ápice durante todo o dia de hoje. Me senti exausto e sem condições de fazer as atividades mais corriqueiras.


Ainda tive que fazer algumas coisas que são indispensáveis: banco, correio, entregas etc. Mas, no final da tarde, o corpo acusava sinais de despreparo diante de tantas frentes. E, finalmente, me entreguei. Falei porque não tinha condições de enfrentar as calçadas, as ruas, o metrô e tampouco as aulas de Planejamento e Organização (na qual se fala à exaustão) e de Gestão Financeira (na qual se fazem contas sem fim).

Me dei folga. Não fiz nada. Assisti televisão de forma evasiva, definitivamente um telespectador padrão diante da luminosidade da tela: apático, sem condições de refletir, apenas receptor de imagens e textos.

Ainda agora me sinto cansado. Um cansaço acumulado tal qual poeira debaixo de livros que ninguém lê e que, quando retirados das estantes, estão mofados e deixam sulcos de pó de anos de ausência de um espanador. Troquei de estante. Por enquanto, haverá que bastar. Os livros seguem, amarelados, lidos. Companheiros.

Hoje estou assim: estante velha, alquebrado, precário, sem força para suportar tanto livro, tanta informação, tanta tensão. Quase que me rompo. Limite. Às vezes, é bom impor-se limites, respeitar a capacidade de peso. Ou você para ou é parado(a).

3 Comentários:

Tati disse...

Acho que vc fez bem, ficar em casa as vezes é necessário.
Hoje cedo olhei o programa e vi que a parte da manhã terá coisas que não me interessam muito, então resolvi ficar em casa e só ir a tarde. E hoje ninguém me segura, vou filmar o que me interessar.
Beijo

D.Ramírez disse...

Essa foto ai cheia de livros é demais....tem dias que melhor ler..alias tem dia não..todo dia!!!!
Besos

Redneck disse...

Tati, imprevistos profissionais me impediram de ir ao evento, assim como deve ocorrer nesta sexta-feira. OK! Eu nem queria mesmo conhecer Adrià e Aznak ... Beijo!

D.Ramírez, todo dia sim, com certeza. Leio religiosamente todos os dias. E essa foto é muito a minha cara. Beijo, me liga!

Autor e redes sociais | About author & social media

Autor | Author

Minha foto
Redneck, em inglês, define um homem rude (e nude), grosseiro. Às vezes, posso ser bem bronco. Mas, na maior parte do tempo, sou doce, sensível e rio de tudo, inclusive de mim mesmo. (Redneck is an English expression meaning rude, brute - and nude - man. Those who knows me know that sometimes can be very stupid. But most times, I'm sweet, sensitive and always laugh at everything, including myself.)

De onde você vem? | From where are you?

Aniversário do blog | Blogoversary

Get your own free Blogoversary button!

Faça do ócio um ofício | Leisure craft

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

NetworkedBlogs | NetworkedBlogs

Siga-me no Twitter | Twitter me

Quem passou hoje? | Who visited today?

O mundo não é o bastante | World is not enough

Chegadas e partidas | Arrivals and departures

Por uma Second Life menos ordinária © 2008 Template by Dicas Blogger Supplied by Best Blogger Templates

TOPO