Blog Widget by LinkWithin
Connect with Facebook

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Rastreio de Cozinha - 102

Estou sob a influência do influenza, o vírus da gripe. Para mim, pelo menos, o pior sintoma da gripe é a perda momentânea do paladar. Tudo fica com gosto amargo, como se todos os alimentos e bebidas fossem uma só pasta insossa.


Desde que vivo em São Paulo, sei que meu sistema imunológico perdeu muito no sentido de combatividade. A cidade, reconhecidamente, acaba com a nossa saúde em vários níveis, dos quais a saúde física é apenas o mais evidente. Contraí nesta cidade algumas ites como rinite e sinusite. A poluição e o clima, cada vez mais instável, reduzem o ritmo do organismo no combate aos ataques diários aos nossos corpos.

De todos os sintomas da gripe, veja só a lista imensa que, neste momento, acumulo:

- Mal-estar - sim
- Febre - sim
- Arrepios - sim (se bem que podem ter outras origens também)
- Dores musculares - sim (variadas e muitas)
- Artralgia (dor nas articulações) - sim
- Ardor faríngeo - sim (ardores os há em vários níveis, como se sabe)
- Tosse seca - sim
- Rinorréia (coriza) - sim
- Cefaléia - sim

O período de incubação da gripe é de 2 a 4 dias e, depois disso, inicia-se o período de contágio. A minha gripe começou na sexta-feira, logo após sair da faculdade. Saí da cozinha quente para uma leve garoa que se transformou em chuvisco. Depois de anos em São Paulo, ao menos de uma coisa tenho certeza: não posso tomar chuva. É o equivalente a liberar a entrada do vírus da gripe.

As minhas gripes são esporádicas e creio que não tinha uma gripe forte dessas há mais de dois anos. Mas, quando contraio gripe, é para valer. Fico prostrado. De cama. Incapaz de reagir. Passei o dia assim. Ontem e hoje. Não consigo ficar muito tempo em pé. Tudo me incomoda. Outra consequência desagradável, além da perda do paladar, é a minha incapacidade de pensar. Parece que o cérebro fica lento. As respostas não fluem. E deveriam, já que contaminadas pelo influenza.


A convalescença depende muito de como se encara a gripe. Se existe uma hiperatividade brônquica - manifestada por tosse crônica, diurna e noturna, que é justamente o meu caso -, a recuperação pode durar semanas. Sou vizinho de uma farmácia, que fica a 50 passos daqui de casa. Mas, durante todo o dia de hoje, fui incapaz de me mexer e me mover. Graças a uma providencial farmacinha, me entupi de remédios e, neste exato momento, apresento um quadro geral melhor do que ontem, no mesmo horário. Isso não significa nada. Posso ir dormir e ficar ainda pior, como já ocorreu em outras ocasiões.


O vírus influenza foi descoberto em 1933 e pode ser do tipo A, B ou C. O nome influenza deriva do fato de os povos antigos acreditarem que as epidemias de gripe vinham da influência dos astros. O vírus pode ser letal e causa tanto epidemias (incidência de um grande número de casos de uma mesma doença num curto espaço de tempo) quanto pandemias (epidemias que atingem proporções mundiais). A gripe espanhola, por exemplo, foi uma pandemia que causou entre 20 milhões e 40 milhões de mortes entre 1918 e 1919.

Para tentar me recuperar, sigo uma outra lista para combater a primeira lista acima:

- Isolar-me das outras pessoas. Acabei de ler que, no caso de pessoas que vivem sozinhas (like me), outras pessoas devem nos ligar pelo menos duas vezes ao dia para saber se estamos vivos ou não
- Descansar
- Ingerir líquidos - sucos e água; o álcool está fora de questão
- Manter a alimentação
- Evitar mudanças de temperatura
- Não me agasalhar demais
- Tomar remédio para fazer ceder a febre (antipiréticos e analgésicos)


Sim, eu sei que você deve achar estranho que tal assunto tome essas proporções no Rastreio. Mas, tem tudo a ver. Primeiro, porque como a gripe é contagiosa, por respeito ao consumidor, cliente e colegas, eu jamais deveria entrar numa cozinha gripado, sob o risco de contagiar as pessoas, os alimentos e tudo o mais que estiver ao meu redor.

Segundo, o que fazer sem o paladar? Sem sentir se há sal em demasia ou se a pimenta é pouca? Aparentemente, uma gripe é considerada uma moléstia simples e, popularmente, somente os fracos a ela sucumbem. Não é o meu caso. Fico totalmente sob o efeito do influenza. E somente serei eu mesmo novamente quando influenza deixar de me influenciar.


Deseje-me saúde porque, em função de tudo isso, pela segunda vez consecutiva, faltei nas aulas de segunda-feira. Na semana passada, o motivo foi o trabalho. Agora, foi a gripe. Eu, bocão, comemorei ainda ontem o término do mês de agosto, o qual, segundo minhas próprias e precoces palavras, "o mês acaba hoje, sem grandes consequências. Acho", escrevi. Bem, evidentemente que agosto me pegou como o rabo de cometa, lá no finalzinho já, e agora só me resta curtir a malfadada gripe.

6 Comentários:

Patty Diphusa disse...

Melhorou? Mande sinais de fumaça.


Bjs

Redneck disse...

Cof! Cof! Mayday! Mayday! Respiração instável. Condições adversas de temperatura. Câmbio! Desligo.

Débora disse...

Cuitado.....
Tenho receitinhas tiro e queda pra griper forte desse jeito!
Se cuida
PS: Tcc exatamente feito o meu....
Gzuz....

Redneck disse...

OI Débora, estou com uma receitinha de guaco, você conhece? Não sei se é o guaco ou os remédios, mas, estou bem melhor. Obrigado. Beijo!

Anônimo disse...

Olá amigo espero que esteja se recuperando bem, estou fazendo uso dos seus comentários para informar a outras pessoas, atravez de um informativo que estou fazendo, felicidades amigos, boa sorte e melhore logo.

Abraços

Redneck disse...

Anônimo, grato pelos votos de sorte, mas essa influenza a que eu me refiro não é a Influenza A, H1N1, e sim uma gripe comum que eu tive em setembro do ano passado e, portanto, da qual estou há muito curado. Não, eu não tenho gripe suína. Abraço!

Autor e redes sociais | About author & social media

Autor | Author

Minha foto
Redneck, em inglês, define um homem rude (e nude), grosseiro. Às vezes, posso ser bem bronco. Mas, na maior parte do tempo, sou doce, sensível e rio de tudo, inclusive de mim mesmo. (Redneck is an English expression meaning rude, brute - and nude - man. Those who knows me know that sometimes can be very stupid. But most times, I'm sweet, sensitive and always laugh at everything, including myself.)

De onde você vem? | From where are you?

Aniversário do blog | Blogoversary

Get your own free Blogoversary button!

Faça do ócio um ofício | Leisure craft

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

NetworkedBlogs | NetworkedBlogs

Siga-me no Twitter | Twitter me

Quem passou hoje? | Who visited today?

O mundo não é o bastante | World is not enough

Chegadas e partidas | Arrivals and departures

Por uma Second Life menos ordinária © 2008 Template by Dicas Blogger Supplied by Best Blogger Templates

TOPO